Já nas bancas Os Heróis Mais Poderosos da Marvel

Editora Salvat anuncia que coleção terá mínimo de 60 livros e sairão duas edições por mês

poderosos-marvel
Já está nas bancas de alguns estados do país a coleção Os Heróis Mais Poderosos da Marvel, nova empreitada da editora Salvat no ramo das coleções de quadrinhos. A coleção tem mínimo de 60 livros e sairá duas edições por mês. E a primeira edição que abre a coleção é justamente uma edição dos Vingadores trazendo um embate com nada mais nada menos que o robô maligno Ultron. Sim, ele mesmo. O vilão do próximo filme dos heróis mais poderosos da terra, a estrear em 23 de abril, Vingadores: Era de Ultron.
A Vingança de Ultron, ou no original Ultron Unlimited, é escrita pelo aclamado roteirista Kurt Busiek (Marvels) e desenhada pelo artista George Pérez (Crise nas Infinitas Terras) e é considerada não apenas uma das melhores histórias dos Vingadores de todos os tempos, como a melhor envolvendo o vilão Ultron.
Apesar de curta, contendo apenas 4 partes além de um prólogo, a história possui algumas das cenas e acontecimentos mais emblemáticos da equipe, que com o traço de Pérez se tornaram simplesmente inesquecíveis. Lendo a HQ e tendo como base os trailers e pôsteres de divulgação do filme Vingadores: Era de Ultron, fica nítido o quanto essa história serviu de inspiração para compor alguns elementos da história, como o exército robótico de Ultron e o desespero dos Vingadores perante a superioridade do inimigo, e que algumas cenas do longa praticamente sairão das páginas dos quadrinhos. Isso fica claro por exemplo quando observamos o banner de divulgação que foi lançado em partes no início da produção, apresentando aos poucos um painel maior onde vemos os heróis praticamente soterrados pelas máquinas. Uma referência clara e direta à capa de Avengers Vol. 3 #20, eternizada no traço de George Pérez.
Na trama imaginada por Busiek, os Vingadores estão passando por um período difícil, sufocados pela mídia devido a declarações e atuações controversas, além de problemas com novos membros pouco aceitos pelo público. Tudo já arquitetado por Ultron, que aproveita o momento de fraqueza dos heróis para atacar. O robô sequestra seu “pai” Hank Pym e ataca o pequeno país europeu da Slorenia, dizimando toda sua população com um exército de robôs e declarando que o território é seu e que aquilo é só o início.
Para evitar que a catástrofe se repita em outros locais, a ONU contata os Vingadores e os envia junto com um exército para impedir os planos do vilão.

Além de conter cenas de batalhas belíssimas (cortesia de George Pérez), o roteiro é muito bem trabalhado, indo direto ao assunto sem enrolação (afinal são apenas 4 edições) e ainda trabalhando muito bem os personagens. Aqui, pela primeira vez, dá para sentir realmente o remorso e o arrependimento de Hank Pym em ter criado Ultron, e o quanto essa culpa vem corroendo sua alma e definindo a sua vida. Busiek traz também ótimos diálogos e situações entre Ultron e Visão, dando nuances de uma relação “pai e filho” pouco aprofundada anteriormente e que causa uma ótima sensação de evolução dos personagens, além de encaixar a Feiticeira Escarlate brilhantemente nessa equação e o quanto ela é importante e perigosa para os planos de Ultron. Talvez muito dessa relação entre os três personagens possa ser aproveitada no filme de Joss Whedon.
Mas o destaque em caracterizações vai, é claro, para a trindade dos Vingadores. Capitão América, Thor e Homem de Ferro estão ótimos em suas personalidades, e mostram em cada diálogo e ações porque são a alma e o centro da equipe. Busiek entrega um Capitão que é realmente um líder e estrategista, alguém que se entrega pela equipe; um Homem de Ferro que usa sua inteligência brilhante em tecnologia fazendo a diferença durante as batalhas; e mostra realmente que Thor é o deus do trovão afinal, colocando-o sempre na linha de frente e arrasando três vezes mais robôs que seus companheiros. Uma verdadeira aula de roteiro e caracterizações.
Uma fase áurea dos Vingadores, que merece a leitura de qualquer leitor de quadrinhos.
Aliás, a cena dos heróis cercados por um exército interminável de Ultrons e lutando desesperadamente é algo tão marcante, que como observamos no último trailer de Vingadores: Era de Ultron, será fielmente adaptada para as telonas. Nada mais justo. É um quadro incrível que ocupa duas páginas inteiras da HQ.

2 Comentários Já nas bancas Os Heróis Mais Poderosos da Marvel

Deixe uma resposta para mazinho Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prove que você não é um robô! *