Marvel recuperou os direitos de Namor

Título estava sob posse da Universal Pictures

namor
Numa entrevista com Kevin Smith no podcast Fatman on Batman, Joe Quesada mencionou mais uma vez que os direitos de Namor voltaram a pertencer à Marvel Comics, mas não comentou a possibilidade de o Príncipe Submarino fazer uma aparição nas telonas.
A editora readquiriu os direitos de Namor – que estavam na mão da Universal Pictures – em 2014, mas existem várias complicações, a maioria delas derivada de acordos e contratos de licenciamento feitos na década de 1990.
Marvel Studios e Universal Pictures tinham um acordo de distribuição, que deixou de existir quando a Walt Disney Company comprou a “Casa das Ideias”. Esse acordo – ou certas cláusulas dele – pode ser uma das causas da inexistência de um novo filme solo do Hulk, a despeito do interesse do ator Mark Ruffalo, e dos problemas no uso de Namor.
O interesse no personagem também está ligado à rivalidade entre a Marvel e a DC Comics – que pertence à Warner Bros. e que pretende lançar um filme de Aquaman, em julho de 2017.
Namor foi criado por Bill Everett, em 1939, para a revista Motion Pictures Funnies Weekly, que nunca foi distribuída ao público. Sua aparição oficial aconteceu em Marvel Comics # 1 . Aquaman surgiu dois anos mais tarde, em 1941, na revista More Fun Comics # 73, numa HQ de Mort Weisinger e Paul Norris.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


× 3 = seis