JBC lançará primeira edição de Akira em junho

A Editora JBC confirmou detalhes do lançamento de Akira no Brasil. O mangá criado por Katsuhiro Otomo é uma das mais aclamadas obras do gênero.

Será uma série em seis edições, no formato 17,8 x 25,6 cm (maior que os mangás normais) e 350 páginas e preto e branco. Todas as edições terão sobrecapa.
O mangá foi completamente remasterizado. Otomo e sua equipe estão envolvidos nesse relançamento mundial de Akira, que pretende ser a edição definitiva da obra. Todos os materiais originais foram restaurados, digitalizados e aprovados pelo autor. A França teve a primeira edição remasterizada, e a edição brasileira da JBC será a segunda no mundo.
A história se passa em 2019, 38 anos depois da eclosão da 3ª Guerra Mundial, iniciada com uma misteriosa explosão atômica. O mundo estava devastado. Nas ruas de uma Neo Tokyo pós-apocalíptica, jovens delinquentes dedicam suas vidas a espalhar o terror e o caos. Gangues se enfrentam pela cidade e, após sofrer um acidente inexplicável, Tetsuo Shima, começa a sentir reações esquisitas que parecem ter despertado poderes jamais imaginados. Isso acaba atraindo a atenção de agentes secretos do Governo envolvidos em um projeto com experiências sobre poderes sobrenaturais.
Enquanto Kaneda tenta resgatar seu melhor amigo das garras do Governo, uma terrível e poderosa entidade pode estar prestes a despertar. A trama densa e profunda de Akira leva a discussões sobre poder, corrupção e reflexões sociais, tudo revestido com muita ação.
Akira foi lançado originalmente no Japão em 1982, nas páginas da Young Magazine . O mangá foi finalizado apenas em 1990, depois do lançamento de um longa-metragem animado, de 1988, nos cinemas. Agora, retorna ao Brasil quase vinte anos depois de ser publicado pela Editora Globo, entre 1990 e 1998, em formato americano, o mesmo de quando saiu pela primeira vez nos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


seis − 5 =