Império, de Mark Waid – Mythos

Esta é a primeira vez que o título é publicado no Brasil


Mythos Editora lança Império (formato 17 x 26 cm, 204 páginas, capa dura), criação do escritor Mark Waid e do desenhista Barry Kitson.

Waid (Reino do Amanhã, Flash, Capitão América) desconstrói o gênero super-herói com uma história onde um tirano fascista derrota todos os mocinhos do mundo. E isso é só o começo. O poderoso Golgoth está prestes a esmagar o último bolsão de resistência do planeta, mas, por onde olha, ele percebe possíveis traidores, mesmo entre seu núcleo de ministros. Em meio a conspirações, segredos, problemas familiares e violência sem limite, Golgoth busca manter seu domínio sobre a Terra. Mas ele irá conseguir? Clique e saiba mais

Constantine volta às origens em encadernado da reformulação Renascimento

Hellblazer chega às bancas lançado pela Panini


Panini publica no final deste mês no Brasil a nova encarnação da HQ de John ConstantineHellblazer, dentro da reformulação Renascimento de títulos da casa.

Para os leitores mais antigos, a boa notícia é que o tom mais seco e a ambientação dos tempos da Vertigo (antes de Constantine ser incorporado ao Universo DC regular) estão de volta.

Esse reinício das histórias do mago inglês mostrará John mais uma vez em seu “habitat” natural, a Inglaterra. A estadia de Constantine em Nova York acaba de terminar e, por mais que nenhuma das partes estaja muito feliz com a ideia, o mago e Londres estão prestes a se encontrar novamente.

O roteiro é de Simon Loliver e desenhos de Moritat e Pia Guerra. A edição nacional conta com 164 páginas e apresenta histórias originalmente publicadas nos EUA em The Hellblazer: Rebirth e The Hellblazer 1-6.

Arlequina: Panini prepara encadernado focado na vilã

A Panini confirmou para este mês de setembro o lançamento de Batman: Arlequina.

A publicação conta com diversas histórias envolvendo a vilã de autores como Paul Dini, Yvel Guichet, Aaron Sowd, Don Kramer e Wayne Faucher.
A publicação reúne as histórias Batman: Black and White 1 e 3; Batman: Gotham Knights 14 e 30; Batman: Harley Quinn 1; Detective Comics 23.2; Detective Comics 831 e 837; Joker’s Asylum II: Harley Qyunn 1; Legends of the Dark Knight 100-Pages Super Spectacular 1. Clique e saiba mais

Editora Veneta lança Terra do Demônio, de Yuri de Moraes

Wasteland Scumfucks – Terra do Demônio (formato 14 x 21 cm, 112 páginas) é um lançamento da Editora Veneta.


O protagonista é inspirado em G. G. Allin, o legendário punk rocker norte-americano famoso por praticar automutilação durante os shows, e também por agredir a plateia, a ponto de ter saído de alguns shows direto para a cadeia. Clique e saiba mais

Hanna-Barbera: Versões atualizadas criadas pela DC chegam ao Brasil

A Panini confirmou as datas de lançamento das versões realistas e atualizadas das animações da Hanna-Barbera

Revistas foram produzidas pela DC. Future Quest 1 – que junta animações de aventura como Jonny Quest, Space Ghost, Herculoides e Impossíveis – será lançada ainda neste mês de setembro, enquanto a segunda edição sairá em outubro. Clique e saiba mais

Os 55 anos do Jotalhão

Personagem foi encomendado a Mauricio de Sousa por jornalista

Em 1962, quando o jornalista Alberto Dines, do Jornal do Brasil, encomendou a Mauricio de Sousa uma nova série de tiras, nasceu o elefante Jotalhão, cujo nome faz referência ao “J” daquele periódico.
“Era para sair no Jornal do Brasil, mas, nesse ínterim, a Folha de S.Paulo me convidou para lançar a Folhinha de S.Paulo e eu precisava de novas criações. Então, o Jotalhão entrou no suplemento, no miolo das histórias do Raposão, em páginas do tipo tabloide. As tiras diárias saíam nas páginas da Folha Ilustrada“, Clique e saiba mais

Faleceu o escritor Len Wein, criador de Wolverine e o Monstro do Pântano

Len Wein, escritor que foi cocriador de Wolverine e do Monstro do Pântano, faleceu na manhã do último domingo, dia 10 de setembro, aos 69 anos.

Ele sofria de problemas cardíacos e fez uma operação complexa para colocar cinco pontes cardíacas, em 2015.
Nascido em 12 de junho de 1948, em Nova York, Wein se envolveu com os quadrinhos ainda criança. Aos sete anos, passou um tempo doente no hospital e ganhou uma pilha de HQs para ler. A paixão foi instantânea.
Na adolescência, Wein e seu colega Marv Wolfman – que também se tornou um importante roteirista de quadrinhos – visitavam mensalmente o escritório da DC Comics e faziam o tour que a editora oferecia todas as quintas-feiras. Clique e saiba mais