Mozart Couto está de volta em Veneno de Deus, HQ com roteiro de Alexandre Grincenkov

A trama mistura suspense, filosofia, religião e misticismo

veneno-de-deus
Veneno de Deus (formato 29 x 20,5 cm, 184 páginas) é um álbum em quadrinhos com roteiro de Alexandre Grincenkov e desenhos de Mozart Couto.
Um homem enigmático está em busca de seu destino, enquanto a humanidade se encontra à beira de um colapso, devastada por guerras, pestes e uma destruição ambiental sem precedentes, um poder maior age por trás de tudo.
Paranormal ou charlatão? Com habilidades além do que um ser humano normal seria capaz de entender, Eric busca situações inexplicáveis para expulsar demônios e outras entidades maléficas de nossa realidade.
Mas será esta força uma bênção? E quais as ligações do misterioso Eric com tais energias? Um culto formado por homens misteriosos está à procura do protagonista e, quando o encontrarem, um mal sem precedentes corre o risco de ser libertado, determinando o destino final de toda a raça humana.
O título é um lançamento da editora Funalfa, órgão cultural da Prefeitura de Juiz de Fora/MG, com incentivo da Lei Municipal de Incentivo à Cultura Murilo Mendes. A impressão da obra foi feita pelo selo Atomic, de Porto Alegre.
Interessados podem adquirir a obra no site da Atomic ou diretamente com o autor pelo e-mail alexandregrincenkov@gmail.com. Veneno de Deus conta com quatro capas alternativas.

Novo álbum de Mozart Couto e outras novidades da Atomic Quadrinhos

Depois do lançamento de Monstros do Fanzine # 3, o selo Atomic Quadrinhos, de Marcos Freitas, tem novidades

Novo álbum de Mozart Couto e outras novidades da Atomic Quadrinhos

A primeira é o lançamento de Os Guerreiros de Ha-Kan (formato 15 x 23 cm, 96 páginas), de Mozart Couto, que está em pré-venda.
Na trama, catástrofes naturais atingem o planeta, e um velho monge recorre a um Deus obscuro e a três guerreiros para enfrentar uma ameaça que é muito maior do que o imaginado, e envolve até hackers e um cyberdemônio.Em breve, será lançado o álbum Sombras – Edição Especial, de Julio Shimamoto, parceria com a Tchê Produções, e Michellè, a Vampira – Especial, de Emir Ribeiro, parceria com a WAZ.
Além disso, o fanzine Quadritos será reformulado, lançado bimestralmente, com 40 páginas e para assinantes – novidades em breve.
Os títulos também serão lançados em formato digital.

Mozart Couto está de volta em Depois da Escuridão

Insólita trama de terror é apresentada com selo Atomic

depois-da-escuridao
O selo Atomic, de Marcos Freitas, responsável pelo fanzine Quadritos, acaba de lançar o álbum Depois da Escuridão (formato 22 x 30 cm, 48 páginas, R$ 25,00 com frete incluso).
A HQ é uma criação de Mozart Couto, um dos mestres do quadrinho nacional, e apresenta uma insólita trama de terror. Clique e saiba mais

Conheça Mozart Couto

Mozart Cunha do Couto produziu heróis como Zamor

Mozart Couto

Mozart Couto nasceu em 27 de março de 1958 em Juiz de Fora, no Estado das Minas Gerais. A carreira profissional de Mozart Couto começou em 1978, ao fazer seus primeiros trabalhos para a Grafipar, sob a batuta de Claudio Seto. Para o Estúdio Bico de Pena, junto com Franco de Rosa, produziu o herói bárbaro “Zamor”, em 1982. Por volta de 1986 fez dezenas de histórias e capas para as revistas de terror e ficção da Press Editorial. Entre elas: “Superficção”, “Ambrak” e “HellDorado”, além ser colaborador regular da magazine “Calafrio”, de Rodolfo Zalla. Clique e saiba mais