Deus em pessoa, estreia de Marc Antoine-Mathieu no Brasil

Comix Zone lança em março a primeira edição com capa dura


Deus em pessoa (formato 21,5 x 29 cm, 128 páginas, capa dura), do francês Marc Antoine-Mathieu. É a primeira obra do autor a ser publicada no Brasil, e o lançamento está programado para março.

Em uma fila do censo, um homenzinho aguarda pacientemente sua vez. No momento de se identificar, ele se apresenta sob o nome de Deus. Não tem casa, nem documentos, nem inscrição no instituto de previdência. A irrupção desse enigma metafísico “em pessoa” desencadeia um enorme fenômeno midiático. Um grande processo judicial é organizado contra esse “Culpado Universal”. Clique e saiba mais

Guarani – A terra sem mal, lançamento da Comix Zone

Edição é obra dos argentinos Diego Agrimbau e Gabriel Ippóliti


Guarani – A terra sem mal (formato 21,5 x 29 cm, 128 páginas, capa dura), dos argentinos Diego Agrimbau e Gabriel Ippóliti.

Novembro de 1868. O fotógrafo francês Pierre Duprat vai ao Paraguai em busca das jovens indígenas do povo Guarani. Sob pretexto da etnografia, suas fotos se destinam ao público parisiense ávido pelas belezas nativas… mas o exotismo e a aventura darão rapidamente lugar ao horror. Duprat testemunha um dos episódios mais sangrentos da história da América Latina, a Batalha de Acosta Ñu. Mesmo sem homens em idade de lutar, o Paraguai se recusa a se render… Clique e saiba mais

Sherlock Time, da dupla Oesterheld e Breccia, pela Comix Zone

Sherlock Time será o quarto lançamento da editora Comix Zone, que anteriormente publicou A Canção de Roland, O Eternauta 1969 e Capa Preta.

Sherlock Time (formato 21,5 x 29 cm, 176 páginas, capa dura) conta com roteiro de Héctor Oesterheld e arte de Alberto Breccia, os mesmos responsáveis por O Eternauta 1969. Clique e saiba mais

Comix Zone Lança O Eternauta 1969

HQ tem autoria de Oesterheld e Alberto Breccia

O Eternauta 1969 (formato 21 x 28,5 cm, 64 páginas) é um documento contemporâneo de alta tensão da esquerda argentina do final dos anos 1960.

Influenciado por A Guerra dos Mundos de H.G. Wells, Héctor Germán Oesterheld publica, entre 1957 e 1959, O Eternauta. Nesse clássico das histórias em quadrinhos mundiais, originalmente ilustrado por Francisco Solano López, o leitor acompanha a invasão de Buenos Aires por uma raça extraterrestre conhecida como “Eles”. Clique e saiba mais