Editora Europa lança O Fundador em Quadrinhos

Edição mostra a fundação de Salvador, a primeira capital do Brasil

o-fundador
O Fundador em Quadrinhos (formato 26 x 17 cm, 84 páginas, R$ 14,90) narra a aventura da fundação de Salvador, a primeira capital do Brasil.
A trama se passa quase 50 anos depois do Descobrimento, quando o Brasil ainda era uma colônia subdesenvolvida. A maioria das capitanias hereditárias falira, o pau-brasil dava lucro ínfimo para a metrópole e a negligência de Portugal atraía para aquelas terras todo tipo de traficante.
Nomeado primeiro governador-geral do Brasil, Tomé de Sousa veio ao Novo Mundo com a missão de organizar administrativamente a colônia e construir a primeira capital, São Salvador da Bahia de Todos os Santos. Enquanto cumpria as ordens de D. João III, rei de Portugal, Tomé de Sousa ambientou-se como poucos aos costumes da região, fez amizade com os índios – casou-se com uma, inclusive – e manteve relações com uma escrava.
Baseado no romance histórico O Fundador, do escritor Aydano Roriz, a versão em quadrinhos teve roteiro do jornalista Jota Silvestre e arte de JB Fernandes. As cores são de Marcio Menyz e Mauricio Leone. A HQ, assim como a obra original, abrange desde antes da chegada de Tomé de Sousa, em 1549 – quando sua nomeação ainda estava em discussão na corte portuguesa – até sua substituição por Duarte da Costa, em 1553.
O Fundador em Quadrinhos atravessa um importante período da História do Brasil: o início da produção do açúcar, a vinda dos jesuítas e a criação do primeiro colégio e do primeiro bispado.