Alagoas Sequencial traz HQs produzidas por autores alagoanos

Lançamento acontece hoje às 19 horas

Alagoas sequencial
O livro Alagoas Sequencial (112 páginas), que a Imprensa Oficial Graciliano Ramos lançará hoje (30 de agosto), às 19h, no hall do Centro Cultural Sesi (Avenida Doutor Antônio Gouveia, 1.113, Pajuçara, Maceió/AL), traz sete diferentes histórias roteirizadas e desenhadas por alagoanos ou autores radicados no estado.
O livro é fruto do Prêmio Alagoas de Histórias em Quadrinhos, resultado de um edital lançado em 2011.
As sete histórias foram analisadas por uma comissão julgadora especialista no assunto: Pablo Casado, quadrinhista e autor da HQ Terra Brasilis; Thiago Oliveira, ilustrador e instrutor de curso de mangá no Senac, e Werner Salles, cineasta e ilustrador, além de diretor de documentários (como Imagem Peninsular de Lêdo Ivo, História Brasileira da Infâmia e Interiores).
O prefácio do livro é assinado por Pablo Casado.
Na obra, as histórias percorrem os mais diferentes estilos e referências artísticas. São elas StarKnight, de Mizael Oliveira; A Pega, de Izael Gomes; Histórias de Alexandre, de Daniel Contin; Orquídea, de Michel Alves; Sorte Grande, de Mateo e Yuri D’Magalhães; Preto que nem carvão, de Amaro Braga, Janaina Freitas e Mariana Petróvana e Menino Cuscuz, de Alexandre Azevedo.
O prêmio teve como principal objetivo fomentar a produção artística em Alagoas. Com essa publicação, a editora da Imprensa Oficial Graciliano Ramos lança o selo Alagoas nos Quadrinhos e planeja, em 2013, lançar novos títulos de HQs.

O livro Alagoas Sequencial (112 páginas), que a Imprensa Oficial Graciliano Ramos lançará no próximo dia 30 de agosto, às 19h, no hall do Centro Cultural Sesi (Avenida Doutor Antônio Gouveia, 1.113, Pajuçara, Maceió/AL), traz sete diferentes histórias roteirizadas e desenhadas por alagoanos ou autores radicados no estado.

O livro é fruto do Prêmio Alagoas de Histórias em Quadrinhos, resultado de um edital lançado em 2011.

As sete histórias foram analisadas por uma comissão julgadora especialista no assunto: Pablo Casado, quadrinhista e autor da HQ Terra Brasilis; Thiago Oliveira, ilustrador e instrutor de curso de mangá no Senac, e Werner Salles, cineasta e ilustrador, além de diretor de documentários (como Imagem Peninsular de Lêdo Ivo, História Brasileira da Infâmia e Interiores).

O prefácio do livro é assinado por Pablo Casado.

Na obra, as histórias percorrem os mais diferentes estilos e referências artísticas. São elas StarKnight, de Mizael Oliveira; A Pega, de Izael Gomes; Histórias de Alexandre, de Daniel Contin; Orquídea, de Michel Alves; Sorte Grande, de Mateo e Yuri D’Magalhães; Preto que nem carvão, de Amaro Braga, Janaina Freitas e Mariana Petróvana e Menino Cuscuz, de Alexandre Azevedo.

O prêmio teve como principal objetivo fomentar a produção artística em Alagoas. Com essa publicação, a editora da Imprensa Oficial Graciliano Ramos lança o selo Alagoas nos Quadrinhos e planeja, em 2013, lançar novos títulos de HQs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prove que você não é um robô! *