Final de Batman Incorporated: Mais Tragédias

HQ será lançada em breve no Brasil

batman-incorporated
Encerrando sua participação nos contos do Homem-Morcego, Grant Morrison traz ainda mais desgraças e desgostos à vida de Bruce Wayne.

Terminou na semana passada a saga “Batman Incorporated” nos EUA, encerrando-se no número 13 da publicação. A história marcou também o término da passagem de Grant Morrison pelas histórias do Cavaleiro de Gothan – e “marcou” parece ter sido mesmo a palavra certa por aqui.
Antes de despedir-se do Batman, Morrison fez o favor de deixa-lo ainda com mais traumas e rancores. Isso porque, além de resolver matar o filho de Bruce, Damian Wayne (que assumira o posto de Robin quando cresceu) no #8 desta ultima série, agora ele também fez o mesmo com a mãe do garoto, Talia al Ghul, fazendo-a sofrer o mesmo destino nas páginas finais de “Incorporated”.

Talvez o mítico roteirista tenha pensado que “já que eu dei, também posso tirar”, uma vez que foi ele quem nos apresentou ao jovem Damien e um dos que mais desenvolveram a personagem de Talia nestes sete anos que cuidou dos caminhos tomados por Batman. Ele simplesmente parece ter desejado fechar seu ciclo – mas não sem deixar um legado a ser seguido pelo próximo escritor.
Isto porque a morte de Talia al Ghul se dá pelas mãos de Katherine Kane, que lhe acerta um tiro na cabeça salvando a vida de Batman. Uma coisa destas não poderia passar em branco para outro antagonista mítico do Homem-Morcego – Ras al Ghul prepara-se para vingar sua filha enquanto cria uma leva de clones humanos os quais ele mesmo chama de “os filhos de Batman”. Parece que ainda vem muito chumbo grosso por ai.

batman-incorporated1

Além dos roteiros de Grant Morrison, “Batman Incorporated # 13” contou com a arte de Chris Burnham. A HQ deverá ser lançada aqui no Brasil pela Panini Comics em breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *