Lâmina azulada, de Luís Carlos Sousa e Rafael Dantas

Trabalho foi ganhador do XI Edital das Artes da Secretaria de Cultura do Ceará


Euclides é um velho cangaceiro que, após sepultar seu último colega, o cão Curió, recebe a visita do barqueiro dos mortos, Severino. A entidade lhe oferece realizar seus desejos se Euclides ajudá-lo a tomar o reino dos mortos, mas, cansado de pelejas, o ancião nega o convite.

Tomado pelo ódio, Severino fecha seu barco ao cangaceiro: “Não morra nunca“. Consumido pela doença e pelo tempo, Euclides inicia uma jornada em busca da mítica Lâmina Azulada, artefato que poderá lhe ajudar a reclamar seu direito de morrer. Clique e saiba mais