Entrevista com Rodrigo Miguel, o Rodrigodraw

Rodrigodraw teve indicação ao 23º TROFÉU HQMIX, o “Oscar” do quadrinho nacional

Rodrigodraw na Comicmania 2011

Na semana passada, o Mania de Gibi esteve na Comicmania 2011 que aconteceu no Rio de Janeiro, e conversou com alguns artistas, ilustradores, roteiristas e cartunistas que também marcaram presença no evento. Abrimos um espaço para que eles divulgassem seus trabalhos e nos contassem um pouco sobre eles. Inaugurando este espaço, temos Rodrigo Miguel, o Rodrigodraw. Vamos a entrevista:

Fale sobre você, nascimento, estudo, carreira.
– Meu nome é Rodrigodraw Miguel. Tenho formação em Design pela PUC-RIO Gávea, sou desenhista industrial, professor universitário e cartunista. MBA em Computação Gráfica & Multimídia pela UERJ e formação norte americana em 3D pela Autodesk. Leciono Story Board em uma universidade privada e produzo histórias em quadrinhos. Cresci lendo os clássicos da Disney, DC Comics e Marvel. Como ídolo nos quadrinhos tenho o Ziraldo, grande mestre e amigo

 O que já produziu em quadrinhos?
– Lancei meus quadrinhos Neo Vírtua pelo selo de HQ da operadora de celular OI [Vilania Comics] e escrevi o livro Animação 3D, HQ e Games, da Editora 2AB, lançado na Rio Comicon, evento com a participação de Kevin O’Neill (quadrinista inglês de Liga Extraordinária), Ziraldo, Maurício de Sousa, Manara, entre outros. Em 2010 tive um quadrinho publicado no mercado americano de comics, Seeds Lost, no blog da Top Shelf Production (atual editora do Alan Moore). Desenhei com a autora Giselle Couto o livro infantil: Firula e Companhia – O Grande Resgate, lançado na Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Em 2006 criei o Festival Nacional de Cinema de Animação e Quadrinhos da Serra Carioca – ANIMASERRA, evento que contou com a participação de nomes como Ziraldo (Menino Maluquinho), Marc Campos (DC Comics e Marvel). Tive meu desenho do Batman e do Superman publicado na Wizard Magazine.

Seeds Lost

Qual foi o maior sucesso ou destaque?
– A indicação ao 23º TROFÉU HQMIX (o “Oscar” do quadrinho nacional) na categoria Publicação de Tira, com o livro Tiras de Letra Nota 10, obra coletiva. Também tive a honra de ter meu trabalho publicado no portal Universo HQ, em seus 10 anos, ao lado de Maurício de Sousa (Turma da Mônica), Roger Cruz (X-Men – Marvel), Fabio Moon e Gabriel Bá (Prêmio Eisner), Laerte, Marc Campos, Sam Hart e muitos outros.
Rodrigodraw trabalho publicado
Produz algum quadrinho hoje?
– Estou na produção do meu quarto livro de quadrinho, que por questões contratuais não posso falar muito agora, mas terá uma temática de ficção científica.

O que acha das oportunidades de quadrinhos no Brasil?
– Com certeza não se comparam às oportunidades dadas no mercado norte americano de quadrinhos. Lá se paga bem ao profissional. Mas as coisas estão mudando no Brasil. As leis de incentivo e as novas editoras têm dado oportunidade de publicação para novos autores. Todavia, para publicar você tem que ser bom, praticar bastante e ter o que eu acho imprescindível em um artista: estilo. Você estará preparado quando tiver uma linguagem gráfica bacana, bem construída e tiver seu trabalho reconhecido por qualquer um. Só então as oportunidades aparecerão.

Você acha que compensa o custo para produzir uma revista em quadrinhos aqui no Brasil?
– Hoje você tem duas opções diferenciadas. Há o sistema de impressão por demanda: muito mais em conta e você imprime o quanto vai vendendo. A outra alternativa é a impressão coletiva. Ambas são acessíveis. No entanto, o IPad chegou com força total e vai mudar todo o mercado. Vamos aguardar.

O que achou da Comic Mania 2011? O que acha desses eventos?
– Achei a Comic Mania 2011 fantástica, com ótimos autores nacionais de renome no exterior. Muito bem organizado o evento. Graças a Deus as pessoas estão enxergando o quadrinho como produção artística e não apenas como literatura para crianças. E com esse desdobramento estão ocorrendo mais eventos, como a Rio Comicon, Fest Comics, Gibi Com, entre outros. Isso é muito bom pois aquece o mercado e a indústria nacional de quadrinhos.

Quais os seus planos futuros?
 – Agora que consegui ter um desenho de um herói do mercado americano em uma grande revista de comics, vou me concentrar nas minhas produções autorais.

Deixe suas considerações finais…
– Um grande abraço à equipe do Mania de Gibi [esse grande site de HQ] e a todos que produzem e curtem quadrinhos. Essa mídia é apaixonante não só por conter fragmentos da literatura, cinema e artes gráficas. A nona arte fala direto à alma, expandido a criatividade e inspirando a “auto imagem” por conta de seus heróis altruístas ou seus personagens e autores carismáticos. Seja por conta de quem lê ou produz. O segredo do quadrinho nacional é o mesmo de qualquer área profissional: pratique, insista e não desista jamais.
Mazinho e Rodrigodraw na Comicmania 2011

Mazinho e Rodrigodraw na Comicmania 2011

6 Comentários Entrevista com Rodrigo Miguel, o Rodrigodraw

    1. Mazinho

      Valeu Rodrigo pelo comentário. O objetivo do blog realmente é esse: dar espaço para todos que trabalham nos quadrinhos nacionais divulgando seus trabalhos e o espaço também serve para os escritores e personagens do mundo afora que tanto marcaram as nossas vidas e continuam marcando até hoje. Um abração!

      Reply
  1. Mazinho

    Olá Gisa, esse é um dos objetivos do blog, divulgar nossos talentos nacionais. Se tiver alguma sugestão, entre em contato. Um abraço, Mazinho.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *