Briga de gato e rato no velho oeste

“Oeste Vermelho” é uma emocionante história de faroeste com gatos e ratos nada “fofinhos”.

Oeste vermelho: Briga de gato e rato no velho oeste

“Um dia, Marcelo me pediu para escrever uma história para ele. Eu disse que tinha uma ideia antiga para um curta de poucas páginas sobre uma cidade do Velho Oeste de ratinhos ameaçada por gatos malvados. Ele odiou. Mas, para minha surpresa, começou a esboçar personagens e a perguntar como seria. A ideia tomou vida. O que começou como brincadeira cresceu e virou algo sério. De vinte páginas, chegou a pouco mais de setenta. Assim, aquele ratinho franzino se transformou em um personagem forte e determinado que, por um longo tempo, foi nosso melhor amigo.”
Quem teceu os comentários acima foi Magno Costa, irmão gêmeo de Marcelo Costa. A dupla é a responsável por “Oeste Vermelho”, uma história de faroeste com todo aquele jeitão de “bang bang à italiana” com John Ford e músicas de Sergio Leone. Seria típica se os personagens da trama sangrenta não fossem gatos e ratos…
Os irmãos Costa, paranaenses que vivem em São Paulo há mais de 20 anos, trabalham com ilustração editorial, arte e quadrinhos, tendo lançado, de forma independente, a tarantinesca “Matinê”, entre outros trabalhos. “Oeste Vermelho” é o primeiro trabalho dos gêmeos a sair por uma editora, a Devir. Vista seu poncho e chapéu e acompanhe o início da carreira desses brasileiros fora do meio independente, cavalgando rumo ao pôr do sol.

“Oeste Vermelho”
88 páginas coloridas
História e Arte de Magno Costa e Marcelo Costa
Editora Devir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *