Conheça Zé do Boné – Andy Cap

Saiba mais sobre a criação do inglês Reggie Smyth

Zé do Boné (Andy Capp)

O personagem Zé do Boné, é uma criação do inglês Reggie Smyth, Andy Capp (no original) é um beberrão, vagabundo, cara-de-pau e desempregado cujas únicas motivações são ficar no bar ou ir para casa e atormentar sua esposa Flo. Fez enorme sucesso na Inglaterra e foi publicado em vários países.

Zé do Boné surgiu em 1957, trouxe um humor ácido e corrosivo para as tirinhas diárias de jornais como o Daily Mirror, na Inglaterra, o Jornal da Tarde, no Brasil (como, por exemplo, no “Jornal da Tarde”, de São Paulo, e na revista “Patota”), e até mesmo o Izvestia, na então União Soviética. Segundo Álvaro de Moya, um dos mais respeitados especialistas em quadrinhos, “Zé do Boné” fez com que o choque de sexos fosse levado às últimas consequências.

Zé do Boné e Esposa Flo

Zé do Boné é um inglês suburbano malandro, sempre com sua boina (daí o nome),que vive cercado de vícios: beber cerveja, fumar, jogar, ver TV, assistir uma pelada (futebol), paquerar garotas etc.

O eterno mau humor de Zé do Bone, suas bebedeiras, a ressaca, o prazer pela jogatina: quanto mais politicamente incorreta, mais engraçada a situação.

Não é difícil entender tanto sucesso: até hoje, as características pessoais do personagem e as situações apresentadas sempre acabam por lembrar algum conhecido, ou um acontecimento vivenciado ao menos uma vez.

Sua mulher, Flo, tem que aturar o simpático imprestável.

Revistas do Zé do Boné editadas no Brasil

Editora Artenova – de 1973 a 1974 – 21 edições

Revista Zé do Bone (Arte Nova)

Confira as revistas do Zé do Boné (Andy Capp) no ManiadeGibi.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *