Mutante evolui no traço de Stuart Immonen

Esta não é a primeira mutação visual do Fera

Next Issue
Quem acreditava que um dos X-Men iria morrer nas primeiras edições de All-New X-Men estava enganado. O que aconteceu foi uma nova mutação de Fera, em All-New X-Men #5, que saiu esta semana.

Depois de ficar às portas da morte no final da edição 4, o mutante azul não morreu, mas passou por uma nova mutação depois de uma parada cardíaca. O novo visual deixa ele mais parecido com um pé-grande (ou um gorila, palavras do editor Nick Lowe ao Newsarama) e foi criado pelo desenhista da série, Stuart Immonen. Veja abaixo a nova versão (ao lado do Hank original, que na HQ vive no presente):

Não é a primeira mutação visual do Fera. Inicialmente com aparência humana normal mas com porte e habilidades de um macaco – a versão original que também está presente em All New X-Men -, o herói ganhou pêlos por todo o corpo após tomar uma solução experimental que ele mesmo criou, nos anos 70. Quanto Grant Morrison e Frank Quitely assumiram os X-Men no início da década passada, o x-man ganhou um visual comparado ao Fera da versão Disney de A Bela e a Fera – depois explicado como “mutação secundária”.

A última edição de All-New X-Men também define que os cinco X-Men originais vão continuar vivendo no presente e serão “administrados” por Kitty Pryde. Fera até brinca que ela vai virar a “Professora K”. A capa da próxima edição dá uma ideia da importância que ela vai assumir:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *