Chega às comic shops a edição que comemora 900 números de Detective Comics

Lançada em 1937, se tornou tão popular que serviu de inspiração para o nome da editora, DC Comics

batman detective
Detective Comics é uma revista com uma história muito importante no mercado norte-americano. Lançada em 1937, pela National Comics, ela se tornou tão popular que serviu de inspiração para a própria editora, que mais tarde seria rebatizada de DC Comics, adotando as iniciais da publicação.
Também foi nas páginas desse título que um dos maiores personagens dos quadrinhos fez sua primeira aparição. No número 27, publicado em 1939, surgiu o Batman. E foi nela que estrearam outros heróis, como Robin e Batgirl. Com o tempo, o Cavaleiro das Trevas se tornou o dono do título.
O título sobreviveu ao reboot da década de 1980, quando a DC fez a saga Crise nas Infinitas Terras, mas sua primeira série chegou ao final em 2011, após outra reformulação da editora, com o fim da saga Ponto de Ignição. Após 881 edições, a revista teve a numeração zerada em setembro de 2011.
Hoje, dia 3 de abril, chega às comic shops dos Estados Unidos – e digitalmente – Detective Comics # 19. E isso significa que a revista comemora 900 números.
Foi preparada uma edição de 80 páginas para celebrar a marca.
A história principal é escrita por John Layman e ilustrada por Jason Fabok, apresentando o vilão Homem-Morcego e o vírus mortal disseminado por ele em Gotham City. Outras quatro aventuras farão parte da edição, apresentando textos de John Layman e James Tynion IV e desenhos de Andy Clarke, Mikel Janin, Hanrik Jonsson e Jason Masters.
Além disso, a edição traz uma galeria de pin-ups assinadas por Dustin Nguyen, Chris Burnham, Brett Booth e Francesco Francavilla.
Detective Comics # 19 custa US$ 7.99 e também terá uma capa alternativa, que faz parte da série em que artistas da MAD colaboraram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *