Conrad lança mais Gen – Pés Descalços e graphic novel sobre Kurt Cobain

Os fãs de Gen – Pés Descalços podem comemorar, pois a Conrad está para lançar mais dois volumes da série. E essa não é a única novidade vinda da editora.

Conrad-lança-mais-Gen-–-Pés-Descalços-e-graphic-novel-sobre-Kurt-Cobain

Kurt Cobain – Quando eu era um alien (formato 23 x 30 cm, 96 páginas) conta a história do fundador da banda Nirvana, que marcou uma geração com seu som e letras e tirou a própria vida no auge do sucesso.

Para Kurt chegar nesse lugar ele percorreu um caminho. E essa outra parte da história é o foco dos quadrinhistas italianos Danilo Deninotti e Toni Bruno. Quando Kurt se sentia como um alien, ele era um menino vivendo numa família instável, estava descobrindo o rock e depois se tornou um adolescente que usava a música como válvula de escape.

Nesta graphic novel biográfica, os leitores conhecerão um pouco das pessoas que ajudaram aquele jovem inquieto a dar vazão à sua criatividade e à sua música, até o lançamento de Nevermind. O “Clube dos 27” ganhou um membro de peso em 1994. Quem ficou por aqui ainda se impressiona com o que passava na cabeça de Kurt Cobain já naquela época, mesmo tantos anos depois.

Conrad-lança-mais-Gen-–-Pés-Descalços-e-graphic-novel-sobre-Kurt-Cobain_capa

Já Gen – Pés Descalços vai se aproximando de seu final. Nestes volumes 8 e 9 (formato 14 x 21 cm, 264 páginas), de um total de dez, o leitor continua a acompanhar a infância e a juventude de Gen Nakaoka, desde os meses que antecederam a explosão da bomba atômica em Hiroshima até os amargos anos que se seguiram a esse terrível episódio da história da humanidade.

As tensões políticas se intensificam, bem como as disputas pelos terrenos da cidade de Hiroshima. É anunciada a saída dos norte-americanos do Japão. Gen e sua família sofrem mais uma grande perda e ainda são obrigados a lidar com a crueldade dos que tentam levar alguma vantagem com as mortes e os cadáveres decorrentes da bomba. Ele também toma conhecimento das experiências de escravidão que muitos jovens como ele viveram nas mãos de exploradores de órfãos. Mas, para compensar tanta dor, pode estar prestes a encontrar um rumo para sua vida. Uma profissão que ao mesmo tempo lhe agrada e honra a memória de seu pai.

Gen – Pés Descalços (leia aqui uma matéria sobre o título) é um clássico dos quadrinhos, criado em forma de relato autobiográfico por Keiji Nakazawa, falecido em 2012.

gen-pes-descalcos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


dois × = 14