As aventuras coloniais de Mineirão & Zé Bonfim

Obra foi contemplada pelo Programa de Ação Cultural.

mineiro-ze-bonfim
Criado em 1987, por Marcos Araújo e Al Stefano, o primeiro álbum da série As aventuras coloniais de Mineirão & Zé Bonfim pela Editora Sesi-SP. A obra foi contemplada pelo ProAC – Programa de Ação Cultural, da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

A história do primeiro álbum, intitulado Entre feijoadas, goiabadas e inconfidentes, se passa na Vila Rica do Século 17, atual Ouro Preto, quando um faiscador (minerador independente) glutão e estabanado, conhecido como Mineirão, e seu amigo Zé Bonfim, que é um ex-escravo e também faiscador, se envolvem em uma confusão e começam uma aventura em busca de duas iguarias tipicamente brasileiras: a goiabada e a feijoada. A partir daí, os caminhos da dupla cruzam com o dos inconfidentes mineiros.

Figuras como Tiradentes, Tomás Antônio Gonzaga, Aleijadinho, Visconde de Barbacena e outros, de repente, encontram-se metidos numa bagunça sem tamanho, que mistura culinária, gulodice, movimentos pró independência e conspirações contra a Coroa portuguesa.

Segundo Marcos Araújo, “a inspiração veio da apreciação pela rica História do Brasil, sua fauna, flora, folclore e costumes que construíram essa nação. A proposta era fazer os personagens cruzarem com figuras históricas sem abrir mão do roteiro original, ou seja, uma HQ para entreter, com roteiro fechado a cada volume, num período colonial específico”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


oito − 7 =