Vencedores do Troféu P.A.D.A. 2012

Evento homenageou o centenário de Luiz Gonzaga e contou com participações de quadrinhistas famosos

Troféu PADA
No mês de agosto foram divulgados os vencedores do Troféu P.A.D.A. de Incentivo aos Quadrinhos Pernambucanos 2012, que busca incentivar o desenvolvimento, qualidade e interesse pelas histórias em quadrinhos e artes gráficas em geral. A premiação aconteceu no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães e elegeu os melhores trabalhos do ano passado dentro do estado de Pernambuco.
O evento homenageou ainda o centenário de Luiz Gonzaga e contou com as participações dos quadrinhistas Watson Portela, Lorde Lobo, Sandro Marcelo e Rafael Oliveira.
Confira abaixo a lista dos indicados em cada categoria do Troféu P.A.D.A. (Produtora Artística de Desenhistas Associados), com os vencedores marcados em negrito:

Melhor Personagem

Amaro Camarajipe, de Marcelo Schmitz;
Animália, de Arnaldo Luiz;
Cajun , de Diorge Thomas;
Crânio, de Francinildo Sena;
Lagarto Negro de Gabriel Rocha;
Lôbo, de Luga;
Magno, de Alcivan Gameleira;
Zé Gatão, de Eduardo Schloesser.

Melhor Ilustração

Wendell Cavalcanti, pela capa da Prismarte 55 – Faroeste;
Luciano Félix, pela capa da Prismarte #56 – Aventura;
Eduardo Schloesser pela capa da Graphic Pada 1 – Zé Gatão.

Melhor Desenhista

Alberto Pessoa (Purgatory);
Eduardo Schloesser (Zé Gatão e diversos);
Leandro Silva (Acróstico #1 e #2);
Luciano Oliveira (Revelações);
Luga (Crânio, Magnum e Lôbo);
Mário César (Papy the Duky fugiu da prisão);
Roseno Caetano (Royal Straight Flush and Blood);
Wendell Cavalcanti (Cajun em Lembranças Amargas);
Arnaldo Luiz (Animália);
Sandro Marcelo (Pela honra de Bob Cole e A Incógnita dos Sicários);
Marcelo Schmitz (Amaro Camarajipe).

Melhor Roteirista

Alexandre Lobão (Acróstico #1 e #2);
Alcivan Gameleira (Crânio, Magnum e Lôbo);
Arnaldo Luiz (Animália);
Arthur Filho (Pela Honra de Bob Cole);
Diorge Thomas (Amargas lembranças);
Eduardo Schloesser (Zé Gatão e diversos);
Francinildo Sena (A Incógnita dos Sicários);
Luciano Oliveira (Revelações);
Luga (David);
Marcelo Saravá (Papy the Duke fugiu da prisão);
Marcelo Schmitz (Amaro Camarajipe);
Mário Mancuso (Purgatory).

Melhor História em Quadrinhos

A Incógnita dos Sicários, de Francinildo Sena e Sandro Marcelo;
A place where we used to live, de Eduardo Schloesser);
Acróstico #1, de Alexandre Lobão e Leandro Silva;
Acróstico #2, de Alexandre Lobão e Leandro Silva;
Cajun em Lembranças Amargas, de Diógenes Thomas, Wendell Cavalcanti e Milena Azevedo;
Cemitérios, de Eduardo Schloesser;
Crânio, Magno e Lobo, de Alcivan Gameleira e Luga;
David, de Luga;
Jô Suíno e Sylvia Porkovic entrevistam Zé Gatão, de Eduardo Schloesser;
Noturno, de Eduardo Schloesser;
Papy the Duke fugiu da Prisão, de Marcelo Saravá e Mário César;
Pela Honra de de Bob Cole, de Arthur Filho e Sandro Marcelo;
Purgatory, de Mário Mancuso e Alberto Pessoa;
Quebra de Equilíbrio, de Arnaldo Luiz;
Revelações, de Luciano Oliveira e Simião;
Right here, right now, de Eduardo Schloesser.

Grande contribuição para os Quadrinhos Nacionais: Watson Portela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *