Conheça Zits

Estudante de 16 anos aspirante a músico

zits

Zits é uma história em quadrinhos escrita pelo cartunista Jerry Scott (ganhador do Prêmio Pulitzer) e ilustrado por Jim Borgman sobre a vida de Jeremy Duncan, um estudante de 16 anos do segundo ano do ensino médio, é um calouro do ensino médio e um músico aspirante. Ele sonha acordado com o dia em que sua banda, Queijo de Cabra Pizza, grava seu primeiro monstro hit single. A história em quadrinhos estreou em julho de 1997 em mais de 200 jornais e desde então se tornou popular no mundo inteiro e recebeu vários prêmios.
A partir do dia 24 de agosto, começou a ser publicado no jornal O Globo.
Situado no centro de Ohio subúrbio, os centros de strip sobre Jeremy, enquanto ele tenta equilibrar sua vida familiar, vida social, as exigências acadêmicas de ensino médio e seus planos para o futuro, muitas vezes com uma forte dose de surrealismo, tornando-se destacar de ser apenas uma faixa típica adolescente dos desenhos animados.
Jeremy é um bom garoto. Ele é inteligente e gentil, mas ele ainda tem a atitude que se espera de um adolescente. Suas mudanças de humor imprevisível e respostas monossilábicas às perguntas bem-educado de seus pais, muitas vezes deixá-los perplexo e confuso.
Os Zits de Jerry Scott e Jim Borgman já foram publicados em mais de 1500 jornais internacionais e estão agora disponíveis em livros traduzidos em várias línguas. O humor subtil e, tantas vezes, corrosivo dos autores retrata bem o conflito de gerações entre pais, que viveram numa outra conjuntura histórica, e filhos que vivem na conjuntura da Globalização das novas tecnologias e do consumo desenfreado. A forma sarcástica como o protagonista, Jeremy, é representado faz-nos, muitas vezes, compreender com boa disposição as angústias e as indecisões de muitos adolescentes e os constantes conflitos com os seus pais. A falta de comunicação é-nos apresentada como um dos problemas que subjaz a estas situações de corrente conflitualidade parental.

zits-tira

A caricatura, em Portugal, teve um tão elevado representante em Rafael Bordalo Pinheiro, na transição do século XIX para o XX, que nos deu as bases de inteligibilização destas leituras sardónicas. É caso para dizer que uma boa imagem vale mais que mil palavras… O desenho de qualidade pode, com poucas imagens, fazer-nos perceber melhor uma comunicação gestual do que muitas vezes uma descrição verbal, pormenorizada, que pode fazer-nos perder o núcleo das questões essenciais.
Além disso, as imagens metafóricas passam-nos uma mensagem de forma rápida, fazendo-nos sorrir ou rir com situações já nossas conhecidas. Nas várias pranchas cómicas dos Zits tratam-se temas, do quotidiano, dignos de reflexão: por um lado, os adolescentes são vistos como muito dependentes das novas tecnologias e amigos da descontração e da preguiça (atente-se na forma como Jeremy se senta no sofá ou no modo frenético como se levanta depois de ter estado na preguiça mais tempo), por outro lado, os pais são perspectivados, também, pelo lado dos adolescentes como antiquados, formais e demasiado rotineiros, sendo esta a base para a compreensão de muitas faltas de entendimento entre as gerações de pais e filhos.

Principais personagens

zits-personagens

Jeremy Duncan
Connie Duncan (mãe)
Walter “Walt” Duncan (pai)
Hector Garcia (melhor amigo)
Sara Toomey (namorada)
Pierce (baterista da banda)
D’Ijon (namorada do Pierce)
Outono (namorada do Hector)

zits-personagens-2

Bretanha
Timothy “Tim” Olsen
A Posse
Richandamy
Aparições de Clientes
Chad Duncan
Viral
Becker
Albert Tang
Billy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prove que você não é um robô! *