Barbarella volta a ser publicada no Brasil

Marsupial anunciou edição com 72 páginas produzidas por Jean-Claude Forest

barbarella
A Marsupial Editora anunciou que voltará a publicar Barbarella, no Brasil, após mais de quatro décadas sem um lançamento com a personagem por aqui. A edição sairá pelo selo de quadrinhos Jupati Books.

Barbarella (formato 20,5 x 27,5 cm, 72 páginas) traz histórias produzidas por Jean-Claude Forest, criador da heroína dos quadrinhos franceses, uma mistura de erotismo com ficção científica. A edição é baseada em um especial de aniversário comemorativo, lançado recentemente na França e nos Estados Unidos pela Humanoids.

Com nova tradução, feita por Pedro Bouça, responsável pela versão brasileira de diversos quadrinhos europeus, a obra é publicada com tons de preto e azul, como na publicação original. A nova edição brasileira ainda conta com prefácio do pesquisador Gonçalo Junior, que traça a história da criação da personagem e toda a influência dela nos quadrinhos, na contracultura e no feminismo.

Sensual, com longos cabelos loiros, lábios carnudos, vestida ou muitas vezes completamente nua, Barbarella usa seu corpo como uma arma mortal provocativa. Pelo apelo sensual, foi proibida em seu país de origem nos anos 1960. Tornou-se um dos principais ícones feministas naquela década, sendo símbolo primordial da liberação feminina e tendo gerado o clássico filme de mesmo nome, em 1968, estrelado por Jane Fonda e dirigido por Roger Vadin.

O único lançamento com a personagem no Brasil aconteceu em 1969, pela Linográfica Editora. E uma curiosidade: a tradução da história foi feita, na época, por Jô Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *